Ontem foram montados os móveis do quarto do novo bebê. Você, que acompanha a nossa história através do Blog Desafio Mamãe, identificará que o quarto do novo bebê foi o quarto da nossa filha mais velha (como contei aqui, aqui e aqui) desde que nos mudamos para onde moramos hoje, há cerca de 3 anos. Recentemente, nossa filha mudou para outro quarto (como contei aqui), deixando assim, o seu antigo quarto para o novo bebê.

Grávida de 22 semanas, resolvi montar o quarto do bebê tão cedo por dois motivos: primeiramente, porque se tratando de mais uma menina, não precisei trocar a cor e os adesivos de parede. Além disso, tirei 20 dias de férias do meu trabalho e achei que este seria o período mais tranquilo para me dedicar à isso. Para as mamães de primeira viagem, decidir os móveis, a cor, a decoração e outros detalhes pode ser mais complicado e exigir mais tempo. O ideal é que o quarto do bebê esteja pronto com pelo menos um mês de antecedência, para evitar a exposição do bebê ao cheiro forte de móveis novos ou de tinta, mesmo porque até as tintas denominadas como “sem cheiro” apresentam cheiro de tinta.

Ao montar o novo quarto da minha filha, optei trocar o piso frio pelo piso de madeira estruturado. E, aproveitei a oportunidade para trocar o piso dos outros dois quartos também. Assim, após a mudança da minha filha para o novo quarto, seu antigo quarto ficou assim:

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Diferente do quarto quando bebê da minha primeira filha, fugi do tradicional branco e rosa ou branco e lilás (post aqui), e optei por continuar com a cor amarela e com as corujas no ambiente, então o desenho continua aparecendo no adesivo de parede, além da almofada e da coruja de tecido (todas herdadas da minha primeira filha).

Outro diferencial do primeiro quarto de bebê é ter optado por um berço com medidas menores que o padrão americano e que portanto não vira mini-cama. Isso porque quando mudei o berço da minha primeira filha para mini-cama, fiquei com vontade de trocar seu berço por uma cama diferente, como essas com cabana ou em formato de casinha, o que não aconteceu pois economicamente falando, não compensaria, uma vez que já estava alí, diante da sua mini-cama.

Quarto de bebê

Quarto de bebê

A cômoda também possui um diferencial em relação à primeira, um  trocador com função de ampliar o tampo da cômoda para maior segurança e comodidade no momento de trocar o bebê. A cômoda da minha filha era mais alta e sem extensor, o que dificultava o momento de trocar o bebê. Com tamanha dificuldade, acabei me acostumando a trocá-la no berço, uma vez que seu berço possuía a grade móvel, algo que também não acontece neste novo quarto de bebê.

Quarto de bebê

O porta-livros e o criado-mudo também foram herdados da minha primeira filha e agora fazem parte do quarto do novo bebê.

Novamente com base em minha experiência, optei por adquirir o puff para a cadeira de amamentação, pois me lembro de sentir os pés inchados no momento de amamentar minha primeira filha por ficarem posicionados para baixo. Minha cadeira de amamentação ainda não foi colocada no quarto.

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Confesso que guardei o tapete acolchoado que agora faz parte do quarto do novo bebê pensando no segundo filho (post completo, aqui). O uso do Baby Tub será uma nova experiência. Mas, prometo trazer todos os detalhes sobre o enxoval da Maria Júlia em breve, num próximo post.

Quarto de bebê

Quarto de bebê

Através da apresentação do quarto do novo bebê, espero ter ajudado você, que está montando o quarto do seu bebê. Afinal, nada melhor como a experiência, né? rs.

Um abraço,

Saiu no Casa Cor, em 28 de Outubro de 2013, que quarto de bebê cor-de-rosa nunca sai de moda (acesse o artigo, aqui). Por isso, a Luni Arquitetura e o Blog Desafio Mamãe trouxe hoje para você a versão feminina do quarto para bebê com fibra ótica.

E, antes das fotos lindas deste novo projeto que conheceremos, conto para vocês porque não escolhi esta cor tão clássica para quartos de meninas: desde os 5 anos de idade, o meu quarto teve decoração cor-de-rosa. Eram almofadas, colcha, cortina, detalhes e mais detalhes da decoração de um reino cor-de-rosa. Por isso, ao saber que esperava por uma menininha, preferi inovar (considere inovação para o meu mundo). Então, meu marido e eu montamos um quartinho lilás para o nosso bebê.

Hoje, ao pensar em ter outro bebê (e se este bebê for uma menina), o cor-de-rosa tem 50% de chance de ser a cor escolhida para o quarto do novo bebê.

E agora, prontos para entrar?

Quarto de bebê cor-de-rosa Luni Arquitetura

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Quarto de bebê cor-de-rosa

Dúvidas em como projetar o quarto para bebê dos seus sonhos? A Luni Arquitetura e Decoração poderá te ajudar!

Contato para projetos e orçamentos:

E-mail: projetos@luniarquitetura.com.br
Unidade I: Av. Rouxinol, 1041 – Moema – São Paulo/SP
Unidade II: Rua Gama Lobo, 324 – Ipiranga – São Paulo/SP
Telefone: (11) 4106-7656
 

Não se esqueça de dizer que conheceu a empresa através do Blog Desafio Mamãe!

Abraços,

Mari.

No post de hoje, a Luni Arquitetura e Decoração e o Blog Desafio Mamãe convidam você a entrar num quarto para bebê com adesivo de parede e traços de cores fortes, sem deixar de ser clean e sofisticado.

Já contei para vocês sobre a aplicação de adesivo de parede no atual quarto da minha filha (leia o post, aqui), e a dica que trago é escolhermos um adesivo que dê um toque especial sem poluir o ambiente. Motivos atemporais também são uma ótima pedida, pois é difícil prevermos por quanto tempo manteremos a decoração. Do período pré-natal aos 3 anos – marco da transformação do bebê em criança – é possível que móveis sejam trocados (como o berço do bebê), e a decoração do quarto deve estar de acordo também com esta nova fase.

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Reparem nas letras em MDF – ando apaixonada por elas! Logo logo trarei o motivo para vocês. 😉

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Quarto para bebê

Dúvidas em como projetar o quarto para bebê dos seus sonhos? A Luni Arquitetura e Decoração poderá te ajudar!

Contato para projetos e orçamentos:

E-mail: projetos@luniarquitetura.com.br
Unidade I: Av. Rouxinol, 1041 – Moema – São Paulo/SP
Unidade II: Rua Gama Lobo, 324 – Ipiranga – São Paulo/SP
Telefone: (11) 4106-7656

Não se esqueça de dizer que conheceu a empresa através do Blog Desafio Mamãe!

Abraços,

Mari.