Hoje o dia é de dica de passeio com crianças. Mas, porque não uma dica de viagem com crianças?

Desde que minha filha completou um ano, meu marido e eu costumamos fazer pequenas viagens de final de semana com ela. E, em um final de semana de setembro de 2012, fomos para Campos do Jordão. Na época, a minha filha tinha 2 anos e 7 meses.

Como Campos do Jordão é próximo a São Paulo, chegamos ao destino na sexta-feira a noite para voltarmos no domingo. Meu marido e eu já conhecíamos o local, e escolhemos Campos do Jordão pelos passeios kids friendly que a cidade oferece.

Sábado

Chegamos à pousada escolhida no início da madrugada, e a minha filha que já estava dormindo, passou a mal. Ela teve enjoo e vomitou. No início da manhã, conversando com a dona da pousada, a mesma informou que é muito comum a mudança de latitude causar náuseas e enjoos em crianças e idosos. Portanto, fica a dica: leve um jogo de lençol e toalhas extras, para caso isso aconteça.

Escolhemos a Pousada Jardon para nos hospedar, e gostamos muito da pousada. Esta pousada tem boa localização, pois está a apenas 800m do centro de Capivari. Oferece quartos decorados, janelas acústicas, aquecedor de ambiente, banheiro com secador de cabelos, estacionamento e café da manhã. No momento da reserva da pousada, solicitei que um berço fosse disponibilizado em nosso quarto. E, ao chegarmos ao local, fui surpreendida com banheira com suporte para uso da minha filha. Adorei!

No primeiro dia visitamos o centro de Capivari, polo turístico da cidade. Na praça central, encontramos fusquinhas de aluguel para as crianças. A minha filha se divertiu muito com a experiência. Recomendo!

 

Em seguida, visitamos a Estação Emílio Ribas e atravessamos a cidade de Maria Fumaça, em um percurso de 4 km. Foi o primeiro passeio de Maria Fumaça da minha filha, e ela fala sobre esta experiência até hoje!

O almoço foi na varanda do restaurante do Hotel Estoril, também no centro de Capivari. Um momento maravilhoso, com música ao vivo, em clima de muita tranquilidade. Depois do almoço, fizemos compras pelos chalés que vendem malhas, chocolates caseiros, produtos artesanais e souvenirs, passeamos aos arredores do lago do Morro do Elefante, e voltamos para a pousada para descansarmos.

O jantar foi no restaurante Krokodillo, próximo da pousada. Através de consultas via internet durante o planejamento da viagem, inclui este restaurante no nosso roteiro, pois é um restaurante temático. A entrada é a boca de um crocodilo, e há vários crocodilos espalhados pela fachada. Dentro do restaurante há uma pequena fonte, repleta de miniaturas de crocodilos, e as crianças recebem um crocodilo de borracha como lembrança da visita ao local. A minha filha ficou entretida durante todo o jantar. Eu super-recomendo o restaurante, pois além de sairmos do comum, o rodízio de fondue é divino! Uma dica importante é a forma de pagamento, pois o restaurante não aceita cartões. O pagamento pode ser feito em dinheiro ou cheque.

No mês de setembro os dias podem ser quentes, mas as noites em Campos do Jordão costumam ser sempre mais frias que em São Paulo. Durante a nossa estadia na cidade, os termômetros marcaram 8 °C.

Domingo

No domingo, aproveitamos para conhecer o Parque da Floresta Encantada, o Pico do Itapeva e a Ducha de Prata.

O Parque da Floresta Encantada é um local simples, de 12.000 metros quadrados de área, com várias casinhas. Tem a Casa dos Coelhos, das Bonecas, das Bruxas, da Branca de Neve, entre outras. Quando visitamos o parque, algumas casinhas estavam em reforma, como a Casa dos Anjos, por exemplo. O gramado do local é bem conservado, mas há muitas peças quebradas e empoeiradas dentro das casinhas. Durante a nossa visita, vimos dois personagens, eram a Bruxa e a Branca de Neve. A visita valeu a pena, porque a minha filha adora brincar em casinhas, e se divertiu bastante! O custo da entrada é quase simbólico, se tratando de Campos do Jordão.

A vista da cidade durante a subida para o Pico do Itapeva, já vale a visita ao Pico. Com mais de 1.800 metros de altitude a vista é maravilhosa. Lá também tem muitos chalés para compras. Foi durante a visita ao Pico do Itapeva que a minha filha andou a cavalo pela primeira vez. O passeio a cavalo também não é caro, e as crianças adoram!

Visitamos também a Ducha de Prata, onde encontramos mais opções de chalés para as compras. As duchas artificiais conferem um visual maravilhoso para lindas fotos. Como o sol estava forte, pudemos nos refrescar nos respingos d´água. Há alguns bancos no local que permitem o visitante relaxar escutando o som das águas caindo. Local simples, mas muito gostoso também.

O almoço foi no restaurante Le Capivari Restaurant, também no centro de Capivari. Ambiente calmo, familiar e com música ao vivo. Como almoçamos tarde, já era hora de voltarmos para São Paulo.

E você, já pensou em aproveitar para curtir esse friozinho que ainda está fazendo na cidade de Campos do Jordão?

Tome nota das dicas e confira mais detalhes sobre a cidade, aqui!

Um abraço, Mari.

Todas as mamães, de primeira viagem ou não, já se perguntaram qual o melhor tipo de festa para o próximo aniversário do seu filho: festa em Buffet ou festa em casa?

A resposta para esta pergunta é bastante difícil, pois depende de uma série de fatores pessoais que motivam os pais do aniversariante a escolher entre um ou outro. Mas, para ajudar na sua escolha, farei um resumo dos principais pontos a favor e contra de cada um dos tipos de festa, com base na minha experiência como organizadora das festas de aniversário da minha filha.

Vou dividir o post em dois, começando pelas vantagens e desvantagens de fazer uma festa em Buffet. Bora lá?

Tempo de duração da festa estipulado com pequena tolerância:

  • Bom: alguns pais preferem ter horário para o término da festa para não ficarem tão cansados, e não cansarem tanto as crianças.

  • Ruim: algum convidado pode ficar até o último momento e pode ficar com a impressão de que está sendo expulso do ambiente.

Quantidade estipulada de convidados pagantes:

  • Bom: o orçamento da festa é fechado, ou seja, os pais do aniversariante não terão surpresas no meio do caminho e não gastarão mais do que o planejado, pois todos os itens necessários para a festa estão inclusos no pacote oferecido pelo Buffet.

  • Ruim: Caso a quantidade de convidados contratada seja excedida, o valor do convidado adicional é mais alto do que no momento da contratação do pacote oferecido pelo Buffet.

Brinquedos eletrônicos:

  • Bom: entretém crianças de todas as idades, inclusive adultos.

  • Ruim: não estimulam a interatividade entre as crianças, fazendo com que as crianças brinquem quase que individualmente.

Decoração:

  • Bom: estão inclusas no pacote oferecido pelo Buffet, e os pais do aniversariante não precisam se preocupar com a decoração.

  • Ruim: as decorações possuem um padrão, fazendo com que todas as festas pareçam iguais. Nestes casos, a decoração chama pouca atenção dos convidados.

Som ambiente:

  • Bom: estão inclusas no pacote oferecido pelo Buffet, e os pais do aniversariante não precisam se preocupar com a seleção de músicas.

  • Ruim: a seleção das músicas é realizada pelo Buffet, fazendo com que todas as festas tenham um repertório de músicas muito parecido.

Estacionamento:

  • Bom: propicia conforto aos convidados no momento de estacionar os veículos.

  • Ruim: não estão inclusos no pacote oferecido pelo Buffet, e os preços normalmente são elevados. Algum convidado pode não estar preparado para o pagamento do estacionamento.

Alimentação e bebida:

  • Bom: estão inclusos no pacote oferecido pelo Buffet, e os pais do aniversariante não precisam se preocupar com o andamento da festa.

  • Ruim: A bebida alcoólica não está inclusa no pacote oferecido pelo Buffet, e os preços costumam ser elevados. Alguns Buffets permitem que a bebida alcoólica seja levada pelos pais do aniversariante, mas normalmente cobram taxas para servi-las.

Festa personalizada:

  • Bom: atualmente é possível tornar a sua festa no Buffet personalizada.

  • Ruim: alto custo.

Itens oferecidos pelos Buffets sem desvantagens:

Recepção dos convidados:

São disponibilizados funcionários para a recepção dos convidados.

Organização dos presentes:

O funcionário responsável pela recepção dos convidados nomeia os presentes, e em alguns Buffets, já os carrega até o veículo dos pais do aniversariante e os organiza no porta-malas.

Coordenadores de festa:

Estão inclusos no pacote oferecido pelo Buffet, e os pais do aniversariante não precisam se preocupar com o andamento da festa.

Berçário:

Propicia conforto aos convidados no momento da troca dos bebês. Alguns Buffets possuem, além de trocador, berço e micro-ondas no berçário.

Ambiente climatizado:

Ar-condicionado que propicia conforto a todos os presentes na festa.

Capacidade:

Comporta um número grande de pessoas, e a capacidade é informada previamente antes do fechamento do pacote.

Gerador:

Podem oferecer gerador que garante a continuidade da festa em caso de falta de luz.

Rampas de acesso e banheiros para deficientes físicos:

Podem estar preparados para receber pessoas portadoras de necessidades especiais.

Serviços extras:

Diversos serviços que podem ser contratados em um só lugar.

Forma de pagamento:

Apresenta grande variedade na forma de pagamento. Alguns Buffets permitem, inclusive, parcelamento do valor total sem juros até a data do evento.

Localização:

Fácil acesso.

No geral:

  • Bom: fazer uma festa em Buffet garante comodidade para os pais do aniversariante que não precisam se preocupar com qualquer detalhe. No momento da festa, os pais do aniversariante ficam tão livres para curtir a festa quanto um convidado. E sempre que necessário, são orientados pelos funcionários do Buffet que é o momento de algum procedimento, como a hora de cantar parabéns, por exemplo.

  • Ruim: alto custo e poucas possibilidades de personalização da festa.

Até hoje, comemoramos o aniversário da minha filha em Buffet por duas vezes. A primeira foi em seu aniversário de um ano, e a segunda vez foi em seu aniversário de 3 anos.

Escreva para a gente contanto alguma vantagem ou desvantagem em fazer festa em Buffet, que não está na lista. Discorda em algum ponto? Escreva também! Conte a sua experiência.

Abraços, Mari.

Sou o tipo de mamãe que adora o momento dos cuidados de higiene com o bebê/criança. Gosto do banho demorado e de passar horas passando talco, creme hidrante, cuidando e secando os cabelos.

A dica de hoje é a respeito dos três produtos eleitos aqui em casa como os melhores para o tratamento dos cabelos infantis, lá vai:

Shampoo infantil para cabelos escuros da Johnson´s

Creme para pentear hidratação intensa da Johnson´s

Colônia para cabelos com efeito prolongado da Johnson´s

Como a minha filha sempre deu trabalho para lavar os cabelos, prefiro usar somente o shampoo no momento do banho e dispenso o uso do condicionar para evitar maior tempo de incômodo. Por isso, uso o creme para pentear para desembaraçar os cabelos após a lavagem.

Também sou bastante preocupada com o perfume dos cabelos da minha filha, então gosto da colônia para cabelos que tem cheirinho gostoso e suave.

E você, o que usa para os cuidados com os cabelos do seu filho/filha?

Abraços, Mari.