Estante Mágica

15 de Janeiro de 2018

No último ano, minha primogênita participou de um projeto escolar chamado Estante Mágica. O projeto consiste em transformar a estória das crianças em livros de verdade. Veja só como funcionou:

  1. Dentro de sala de aula, com o auxílio dos professores e envolto na atmosfera do aprendizado, os pequenos criaram as histórias escritas e os desenhos do livro. Totalmente feitos por eles.
  2. A Estante Mágica disponibilizou uma versão digital (e-book) que pude acessar e compartilhar. Depois disso, comprei os exemplares para o dia de autógrafos.
  3. Nesse dia mágico, convidei a família. Foi um momento muito emocionante para todos!

Estante Mágica

Estante Mágica

Estante Mágica

Se você gostou do projeto, indique-o para a escola do seu filho. Para ajudar as escolas, a Estante Mágica atua em todo o país com projetos pedagógicos que trabalham competências fundamentais para o desenvolvimento cognitivo e emocional, como curiosidade, criatividade, colaboração, comunicação e análise crítica.

E por que recomendo a Estante Mágica? Porque sou apaixonada por literatura, educação e atividades lúdicas e divertidas.

Confira as fotos da noite de autógrafos da minha pequena na rede social Instagram!

QUER O PROJETO NA ESCOLA DO SEU FILHO?

Clique aqui e preencha o formulário que a Estante Mágica entra em contato com a escola.

 

Um abraço,

Na última semana, conhecemos um dos lançamento da Carochinha Editora, o título De quem é esse bumbum? Na fazenda, o primeiro livrinho da Maria Júlia. Na fazenda traz os animais mais familiares, como a vaca, a raposa e o gato, enquanto No safári apresenta os animais exóticos, como o leão, o leopardo e o urso panda.

De quem é esse bumbum? Na Fazenda

De quem é esse bumbum? Na fazenda

De quem é esse bumbum? Na fazenda

De quem é esse bumbum? Na fazenda

De quem é esse bumbum? Na fazenda

Os livros da coleção De quem é esse bumbum? são táteis, com abas interativas, repleto de amigáveis ilustrações de animais e divertidos textos rimados, projetados para encantar os pequenos leitores, como a Maria Júlia. E, um excelente livro para a Maria Eduarda deixar a preguicinha de lado (ele possui apenas 10 páginas) e treinar a leitura como temos feito algumas vezes antes de ir para a cama.

A Maria Eduarda completou 7 aninhos em janeiro deste ano e, por enquanto, lê silabando, como podem ver no vídeo. Entendo que ler e escrever são processos complexos e por isso devemos respeitar o tempo de cada criança. Na classe do segundo ano do ensino fundamental em que ela estuda há crianças que já leem sem silabar como há crianças que possuem mais dificuldade do que ela.

Por isso, é tão importante encorajarmos nossos pequenos leitores não apenas a decodificar as letras, mas entender o contexto. E, para ajudá-la na aprendizagem da leitura, tenho preferido livros curtos, com ilustrações que acompanham o texto, como este.

Informações

Carochinha Editora: www.carochinhaeditora.com.br | facebook.com/carochinhaeditora

Leia a resenha de outros produtos da Carochinha Editora, clicando aqui.

Publipost

Um abraço,

Ah, agora a Sinopsys Editora já é conhecida pelos leitores do Blog Desafio Mamãe, pois já falamos sobre suas obras aqui e aqui. As resenhas de hoje são sobre livros que ajudam crianças a lidar com o diagnóstico do cancêr e aprender a lidar com o “não”.

Lucas, aprendendo a lidar com o não

Mais títulos da Sinopsys Editora

O “não” não é difícil apenas para quem escuta, ma também é complicado para quem fala, em função da criança poder reagir de uma maneira desproporcional, disfuncional e desadaptatitiva. Essa pequena palavra causa um impacto negativo no ambiente, sendo, por vezes, motivo de estresse, discórdia e desarmonia familiar.

Conforme destaca a autora, muitos pais têm a fantasia de que devem consentir a todos os pedidos dos filhos, acreditando que não devem frustá-los, em nome do amor. “Este confilto que se estabelece não é saudável para o desenvolvimento emociona e social dos filhos e nem para a saúde mental dos pais”, pontua. “Os pais devem ter em mente que as frustações fazem parte da vida e, é por meio delas que aprendemos a lidar com várias situações e impasses, e ainda, desenvolvemos a paciência, a tolerância e a empatia, habilidades tão necessárias para a vida”, acrescenta a especialista.

A história de Lucas aborda esta questão tão problemática de uma forma lúdica, esclarecedora e interativa. Com os fundamentos da abordagem cognitivo comportamental, as atividades terapêuticas propostas podem ser realizadas em diversas etapas e em dias diferentes, tornando-se um rico material interventivo e uma valiosa proposta de intervenção na autorregulação emocional.

Mais um título escrito por Edyleine Bellini Peroni Benczik e publicado pela Sinopsys Editora.

E agora? Como falar que alguém da família adoeceu

Mais títulos da Sinopsys Editora

Escrita pela psicóloga infanto-juvenil Raquel Barboza Lhullier e pelo psiquiatra Alfredo Cardoso Lhullier, a obra abrange algumas emoções, pensamentos e comportamentos que podem surgir diante do diagnóstico do câncer. Desta forma, o material apresenta uma nova tomada de consciência sobre hábitos, fatores de risco e proteção, e clima emocional na família, incentivando o trabalho em equipe e maior transparência com a criança, numa linguagem pictórica e de fácil compreensão.

O livro conta a história de Samuka, um menino feliz, que de repente se depara com a doença na família: sua tia está com câncer. A partir dessa descoberta, são apresentadas formas de aceitação, compaixão, assertividade perante a doença. É uma história para crianças  partir dos seus anos de idade.

No decorrer da história surgem atividades que podem ser realizadas com a acriança, incentividadas por profissionais ou familiares. Os tópicos abordados são: clima emocional, fatores de risco e proteção, emoções como raiva, tristeza, medo, saudade e culpa, além de coragem, superação, trabalho em equipe e rede de apoio. “O formato apresentado serve para sua utilização tanto no ambiente familiar como para profissionais da área da saúde e educação”, explica o autor.

Para conhecer outros títulos e saber saber mais sobre a Sinopsys, acesse:

www.sinopsyseditora.com.br | facebook.com/SinopsysEditora | @sinopsys no Instagram

Publipost

Um abraço,