Chegou a sexta-feira, dia da dica de passeio ou viagem daqui, do Blog Desafio Mamãe. Hoje venho contar como foi a primeira viagem com a nossa caçula!

Não viajamos durante a minha primeira licença maternidade, e a primeira viagem com a nossa filha mais velha aconteceu quando ela estava com 1 ano e 7 meses. Com mais experiência em viajar com crianças e pensando no quanto nossa primogênita se divertiria, desta vez aproveitei a licença maternidade para viajar com a família.

Tive a ideia de viajarmos com o bebê ainda grávida e idealizava nossa viagem para quando o bebê estivesse com 3 meses. Mas, como a Maria Júlia ficou internada, fiquei extremamente apreensiva em sair de casa com ela. Foi a coincidência em escolher o mesmo destino que uma amiga para levarmos as crianças que encorajou-me a seguir com o plano quase dois meses depois. Na data da viagem nosso bebê estava com 4 meses e 3 semanas e a Maria Eduarda, nossa filha mais velha, com 6 anos.

Nosso destino: o Hotel Fazenda Mazzaropi, localizado em Taubaté, São Paulo, a apenas uma hora da Capital. A localidade e o fato de ter sido eleito por 7 vezes o melhor hotel fazenda do Brasil pelos leitores da revista Viagem e Turismo influenciou grandemente na escolha do destino. O local conserva ainda os espaços que serviram para os estúdios do cineasta Amácio Mazzaropi, o qual meu pai sempre foi fã. E, não poderíamos ter escolhido melhor! O Hotel Fazenda Mazzaropi é um hotel temático pensado para famílias com crianças.

Nossa acomodação estava localizada na ala Produtores. Ala construída por Mazzaropi para hospedar artistas e produtores durante as filmagens. A diferença entre as acomodações Standard, Luxo e Suite, é a localização dentro do hotel. As Suites ficam bem próximas às piscinas e as acomodações Standard ficam em frente ao campo de futebol. Mas, todos são iguais em termos de conforto e qualidade.

Acomodação Standard:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

O que mais me encantou na acomodação foram as facilidades para crianças: aquecedor de água, grade para cama, berço, banquinho para escovar os dentes e banheira. 😉

Cantinho do papai e da mamãe, aberto 24 horas:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Restaurante:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

O hotel possui equipe de recreadores e profissionais para atender crianças de todas as idades (dividido por faixa etária). As atividades iniciam às 9h00 e encerram às 22h00. Com recreação, inclusive, na hora do almoço e do jantar.

Área de lazer:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Brinquedoteca (área externa)

Hotel Fazenda Mazzaropi

Brinquedoteca (área interna)

Hotel Fazenda Mazzaropi

Piscina com toboágua

Hotel Fazenda Mazzaropi

Piscina coberta e aquecida

Hotel Fazenda Mazzaropi

Piscina infantil climatizada

Hotel Fazenda Mazzaropi

Piscina infantil climatizada

Hotel Fazenda Mazzaropi

Parquinho

Hotel Fazenda Mazzaropi

Lago para pesca esportiva

Hotel Fazenda Mazzaropi

Campo de futebol

Hotel Fazenda Mazzaropi

Oficina de artes

Salão de jogos:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Circo:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Lago para pedalinho:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Durante nosso passeio pulou um peixinho para dentro do nosso pedalinho. O coitadinho se batia e a Maria Eduarda e eu entramos em pânico (rs). Meu marido com a Maria Júlia no colo não conseguia pegar o peixinho, então paramos e um funcionário devolveu o peixinho para o lago. Depois me contaram que esta cena é muito comum.

Passeio a cavalo (depois da piscina, foi a atividade que a Maria Eduarda mais gostou):

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Ilha dos coelhos:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Vila Caipira (com a casa do Jéca):

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Como contei lá no comecinho do post, meu pai é fã do Amácio Mazzaropi, por isso me lembro das noites em que assistia os filmes do ator em sua companhia (raramente isso ainda acontece). E, exatamente pela belíssima lembrança, fiquei ansiosa para conhecer a casa do Jéca. Lá no Museu Mazzaropi, me explicaram que as cenas eram gravadas somente na fachada da casa. Para as cenas do interior da casa eram utilizados cenários.

Museu Mazzaropi:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Impossível hospedar-se no Hotel Fazenda Mazzaropi e deixar de conhecer o Museu Mazzaropi, com peças que contam a história e obra de Amácio Mazzaropi.

Ouras dependências do hotel:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

E, por todos os lados, animaizinhos soltos:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Mais um pouquinho da nossa viagem:

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Hotel Fazenda Mazzaropi

Viagem deliciosa que já deixou saudades!

Informações: www.mazzaropi.com.br

Para a resenha de outras viagens, clique aqui!

Um abraço,

Hoje é sexta-feira, a última de 2014, e para fecharmos com chaves de ouro, não podia deixar passar em branco o dia da dica de passeio/viagem com criança daqui do Blog Desafio Mamãe. Neste relato, contarei como foi a nossa experiência em nos hospedarmos à beira de uma belíssima praia de água transparente, a Praia das Toninhas, em Ubatuba, São Paulo.

Viajamos para a Praia das Toninhas na emenda do último feriado de consciência negra para comemorarmos uma data muito especial, nosso 7º aniversário de casamento, a boda de lã. Gosto de aproveitar essas ocasiões para fazermos algo diferente, sairmos da rotina e assim registrarmos a data em nossas memórias.

Chegamos à Praia das Toninhas, localizada a cerca de 240 Km da cidade de São Paulo, na sexta-feira, por volta das 15h. Como descemos a serra na sexta e não na quinta-feira, dia do feriado, evitamos o trânsito. Nos hospedamos no Hotel Recanto das Toninhas escolhido, principalmente, por ser “pé na areia” e oferecer o serviço de recreação infantil. Este hotel é membro da associação de Hotéis Roteiros de Charme desde 1996. Para quem não conhece, a associação é uma entidade privada sem fins lucrativos que selecionam membros anualmente pela variedade de suas características e personalidades independentes, segundo rígidos critérios quanto ao conforto, qualidade de serviços e responsabilidade sócio-ambiental,  sempre de forma economicamente viável e sustentável. Clique aqui para conhecer os outros 64 hotéis atualmente congregados.

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Frente praia

Praia das Toninhas

Frente piscina

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Recreação infantil durante o café da manhã

O atendimento do Hotel foi ótimo, ao chegarmos a bagagem foi descarregada pelo staff e a chave do carro ficou com o manobrista, responsável por guardar o veículo no estacionamento. O serviço de praia também foi excelente, bom atendimento e petiscos frescos e sequinhos. O serviço de quarto nos surpreendeu, após tomarmos banho para descermos para o jantar, as toalhas foram trocadas e as camas preparadas para dormirmos. As colchas foram retiradas e bombons foram dispostos sobre a cama. Ao descermos para o café da manhã, o serviço de quarto novamente entrou em ação deixando tudo pronto para o novo dia, as colchas foram repostas e as toalhas novamente trocadas.

Desde o primeiro dia demos preferência para curtirmos a praia, pois minha filha adora brincar na areia. Por isso, acabávamos trocando o almoço por lanches e aperitivos do quiosque.

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Na última foto minha filha rendeu-se à piscina pois estava garoando. Como as piscinas são climatizadas, mesmo com garoa ou chuva leve a diversão pode continuar.

Na primeira noite, saímos para jantar e me arrependi amargamente, pois os restaurantes estavam lotados e com isso o atendimento demorado. Havia trânsito para circularmos entre os restaurantes e na avenida principal. Hospedando-se no Hotel Recanto das Toninhas, o meu conselho é fazer todas as refeições nos restaurantes do próprio hotel, como fizemos dalí para a frente.

O hotel é frequentado principalmente por famílias com crianças e casais da terceira idade. Por isso, na noite de sábado, houve uma programação especial para as crianças. Aconteceu o jantar do pijama, onde os responsáveis escolhem previamente o cardápio do pequeno e todas as crianças se encontram de pijamas no horário marcado para o jantar seguido de muitas brincadeiras. Inscrevi minha filha no jantar, mas infelizmente a baixinha dormiu antes do horário (afinal, gastou todas as suas energias durante o dia). Quando acordou, perguntou pelo jantar e chorou ao saber que o perdeu. Assim, questionei sobre a possibilidade do restaurante do hotel providenciar o prato que havia escolhido para ela e o meu pedido foi gentilmente atendido.

Praia das Toninhas

Praia das Toninhas

Em apenas 3 dias conseguimos nos divertir, descansarmos e celebrarmos mais um ano juntos, de muitos que estão por vir. A nossa estadia foi excelente e as condições da praia são ótimas, por isso recomendo sem sombra de dúvida a praia e o hotel que nos hospedamos. A última recomendação é escolher os dias de check-in e check-out fora dos dias de início e término de feriados, pois demoramos cerca de 7 horas de viagem para retornarmos para São Paulo.

Praia das Toninhas

Quer ver sua dica de passeio/viagem com criança aqui? Seja Colaboradora!

Um abraço,

Mari.

Que alegria, chegou o dia reservado para a publicação das dicas de passeios e viagens com crianças aqui, no Blog Desafio Mamãe! O post de hoje conta a nossa experiência ao visitar a cidade de Brotas, localizada a 242 km da cidade de São Paulo.

Viajamos para Brotas em abril de 2014, mais uma vez para comemoração do meu aniversário. Digo mais uma vez, pois no ano passado comemoramos a data em Visconde de Mauá (leia o relato completo da viagem, aqui). Desta vez, estávamos acompanhados de dois casais de amigos.

Brotas é uma cidade de Turismo de Aventura de natureza exuberante, a qual você não pode deixar de visitar com os seus filhos. Eu indico a viagem para crianças a partir de 3 anos de idade.

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

A agência de turismo que utilizamos foi a EcoAção, e a diversão ficou por conta do parque Aventurah, Mini-Rafting e Areia que Canta.

O primeiro passeio foi o parque Aventurah. Embora as atendentes do parque tivessem sido pacientes e muito atenciosas conosco, falharam apenas ao nos dizer que a minha filha deveria pagar por um passaporte de atividades, pois na prática ela usou apenas a escalada e o parque de diversões (bastante pobre), já que a piscina estava gelada naquele dia e ela teve medo de realizar as demais atividades sem a minha companhia ou do meu marido. Portanto, a minha dica para crianças até pelo menos 5 anos é pagar por atividade. Alguns passeios agendados podem ser realizados através do parque, como uma agência de turismo, e uma delas é a Tirolesa de um adulto com uma criança (Voo canguru), mas minha filha ficou com medo e por isso não o fizemos. Que pena!

Brotas

Brotas

Brotas

O segundo e tão aguardado passeio foi o Mini-Rafting, e gostamos tanto da experiência que escrevi um post inteiro com o relato (consulte o post, aqui). Após o Mini-Rafting, molhados e com frio, paramos para um café no Empório di Vino, localizado na mesma rua da agência de turismo, e não podíamos ter feito melhor escolha. Anexo ao Restaurante Brotas Bar, é um ambiente acolhedor com bebidas quentinhas, que podem ser acompanhadas de pães igualmente divinos.

Para o jantar, reservamos o Restaurante Brotas Bar, o primeiro restaurante temático de Brotas. Olha só os lustres feitos com os capacetes usados para a prática do Rafting. Ao passar por Brotas, não deixe de visitá-lo.

 Brotas

Brotas

Domingo foi o nosso segundo dia na cidade. Neste dia, conhecemos a Areia que Canta, passeio imperdível para as crianças. A Areia que Canta é uma belíssima nascente de água cristalina, que movimenta sedimentos de rocha muito antigos e finos. Seu nome foi designado, pois ao serem friccionados emitem um som característico, muito parecido com o som da cuíca.

Esta atração está localizada dentro do Hotel Fazenda Areia que Canta. E, mesmo sem estarmos hospedados no Hotel, antes do horário de partirmos para a atração, minha filha pode brincar no playground, que é bem conservado e com brinquedos que remetem à cidade turística de aventura.

O passeio nos surpreendeu por se tratar de uma trilha (curta) até a nascente e depois por proporcionar aos turistas uma nova trilha (longa) por belíssimas cachoeiras. Para os mais corajosos há tempo para o banho na nascente e de cachoeira.

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

No terceiro e último dia na cidade conhecemos a Cachoeira 3 Quedas, um sítio onde pudemos visitar três belíssimas cachoeiras cujas trilhas para sua visita são curtinhas, sem problemas para se fazer com crianças.

Brotas

Cachoeira da Nascente

Brotas

Cachoeira da Andorinha

Brotas

Brotas

Brotas

Cachoeira da Figueira

Brotas

Brotas

Após a visitação, almoçamos no restaurante existente no local e nos surpreendemos com o capricho no preparo da comida caseira e no atendimento dos donos, muito acolhedores. Com redário e playground estrategicamente construído sob a sobra de uma belíssima árvore, a Cachoeira 3 Quedas é um daqueles lugares que nos fazer pensar em trocar a vida corrida que levamos na cidade pela beleza e tranquilidade do campo.

Brotas

Brotas

Brotas

Nos hospedamos no Hotel Mosteiro, um hotel rural com 200 mil metros de área verde. Restaurante, piscinas, sauna, orquidário e pomar fazem parte do Park Hotel. Senti falta apenas de uma atenção especial aos hospedes quanto à realização de atividades, pois a tirolesa não estava funcionando e o jeep estava parado para reparos. Ao questionarmos na recepção sobre as atividades, nos foram indicadas agências de turismo.

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

Brotas

É comprovado todo o conforto dos chalés apresentado no site do Hotel. O chalé que nos hospedamos possui cozinha, saleta, dois quartos e banheiro. Para acesso aos quartos e banheiro, há três degraus separando os ambientes. Ao chegarmos, o chalé estava impecável. Mas atenção: os quartos e os banheiros possuem forro, os outros cômodos não possuem. Por isso, durante a noite, não estranhe se ouvir animais silvestres que entraram pelas frestas das telhas e habitam o lado de cima do forro. Por se tratar de um chalé campestre, alguns hospedes podem não se incomodar. Outros, podem se assustar. Como na primeira noite estávamos muito cansados, não ouvimos barulho. Mas, na segunda noite, ouvimos barulho e ao amanhecer pudemos notar “vestígios” dos pequenos hospedes. O caso foi passado para a administração do Hotel que informou que o mesmo passará por reforma e que todos os cômodos passarão a ser forrados e que todas as frestas entre as telhas passarão a ser vedadas. Assim espero, pois trata-se de um Hotel com uma vista encantadora e com um espaço belíssimo em meio a natureza.

Brotas

Brotas

Brotas

Para finalizar, as fotos de um mirante encontrado no caminho de volta para casa.

Brotas

Brotas

Brotas

Adoramos conhecer a cidade de Brotas. A visita foi uma experiência incrível para nós (adultos) e com certeza uma experiência incrível para a nossa filha também. Conforme ela for crescendo, muito mais aventura a cidade poderá nos proporcionar.

Deseja ver o seu relato de viagem aqui também? Envie-nos uma mensagem, Seja Colaboradora!

Um abraço,

Mari.