Agora faltam apenas 20 dias para a festa de aniversário da Maria Júlia, minha caçula, que completará um aninho. Como ela ainda não entende, a ansiedade está só por conta da mamãe! E nesses últimos dias tenho enlouquecido para dar conta de trabalhar fora, dar toda a atenção do mundo para as crianças quando chego em casa, entregar os convites e providenciar os últimos detalhes da festa.

Como contei no post “Os preparativos das festas de aniversário de 2017“, o tema será fazendinha e muitas fotos do Pinterest me serviram de inspiração para a escolha da mesa do bolo, do bolo e da forma que escolhi para entreter os pequenos que terão em média de 4 a 5 anos de idade. Assim, pedi ajuda para Bestplaya maior loja de brinquedos para playground do Brasil, para montar a tão sonhada brinquedoteca da festa do meu bebê. Confira agora as dicas para a criação de um espaço seguro, confortável e, claro, muito divertido!

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Jornal PZ

Dicas de segurança para a brinquedoteca

Antes de pensar na decoração e nos brinquedos que farão parte do ambiente, é fundamental tomar algumas medidas e cuidados para garantir a segurança da criançada.

O primeiro é com relação ao piso, que deve proporcionar conforto e ainda atender a algumas especificações. Ele precisa:

  • absorver impactos;
  • ser antiderrapante (para evitar escorregões e quedas);
  • e não ser abrasivo (ou seja, não causar machucados ou queimaduras quando em contato com a pele).

Ótimas opções são a grama sintética ou o piso emborrachado de E.V.A., que além de serem coloridos, ajudam a decorar o cômodo!

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Pinterest

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Pinterest

Outro aspecto que influencia na segurança das crianças é a quantidade de móveis na área e, mais do que isso, a forma deles. Evite encher a brinquedoteca de mesinhas, cadeiras, armários e etc – tenha somente o suficiente para que os pequenos possam brincar – e opte por modelos arredondados, sem pontas! Esse detalhe faz uma grande diferença para evitar que machucados mais graves aconteçam em eventuais quedas e choques envolvendo a mobília.

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Assim Eu Gosto

Por fim, para assegurar o bem-estar da garotada, é importante também ficar de olho nos brinquedos e itens decorativos. Nunca deixe objetos muito pequenos ou parte de bonecos ao alcance das crianças, pois esses são grandes causadores de acidentes como engasgos.

Também é muito aconselhável a limpar com frequência os brinquedos, bancos, mesas, enfim, os elementos da brinquedoteca como um todo, pois assim você evita que a sujeira cause reações alérgicas e/ou a proliferação de bactérias e vírus.

Como decorar e escolher os brinquedos

Depois de se certificar de que tudo está adequado para que o ambiente seja seguro, é a hora de torná-lo divertido – e para isso é preciso caprichar na decoração e nos brinquedos. O mais básico e que não deixa de ser eficiente é investir nas cores, que pode estar nas paredes, nos brinquedos e em pequenos itens decorativos.

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Construir E Viver

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Pinterest

Você pode tanto escolher esse estilo mais simples, quanto investir em um visual temático. No entanto, o mais indicado é optar por um tema universal, que funcione bem com meninos, meninas, pequeninos e também com crianças um pouquinho mais velhas.

Algumas dicas são:

  • fundo do mar;
  • fazendinha;
  • animais;
  • praia;
  • formas geométricas coloridas, entre outros.
Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Pinterest

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Pinterest

A escolha dos brinquedos também conta com algumas dicas que facilitam o processo e a principal delas: é planejar a brinquedoteca de acordo com a idade dos pequenos que irão se divertir nela!

Isso é importante porque cada faixa etária conta com modelos que são mais apropriados, tanto para suas aptidões físicas e mentais, quanto para questões de segurança. De forma geral:

– crianças de zero a dois anos preferem brinquedos que estimulem seus sentidos, mais especificamente visão, tato e audição. Então, para agradá-las, tenha brinquedos coloridos, com sons e diferentes texturas;

– já os pequenos com dois a três anos estão em uma fase de desenvolver a fala, a curiosidade e suas capacidades motoras. Portanto, precisam de brinquedos que explorem isso, como livrinhos com ilustração, brinquedos de montar e blocos de encaixar (mas lembre-se de ter cuidado com o tamanho deles!);

– para crianças mais velhas, o melhor é contar com itens que estimulem a criatividade e a imaginação, como casinhas, carrinhos, bonecas, quebra-cabeças e brinquedos educativos.

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Bestplay

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Bestplay

Montando uma brinquedoteca para as crianças

Fonte: Bestplay

Gostaram das dicas? Eu adorei!!! Logo logo trarei o trailer da festa, fotos com todos os detalhes da festa e detalhes de cada item escolhido para a brinquedoteca da fazendinha da Majú. Aguardem!

Publipost

Um abraço,

Foi no dia 09 de outubro que meu marido e eu levamos nossas filhas e nossa afilhada para passar o dia na Sitiolândia, um espaço para diversão, aprendizado e convívio com a natureza. Localizado na Serra da Cantareira, o parque possui atividades ecológicas complementares ao currículo escolar (por isso é tão visitado pelas turmas em excursões escolares), reforçando o compromisso de preservar o meio ambiente e contribuir com o desenvolvimento de uma sociedade sustentável.

Mais que uma fazendinha, a Sitiolândia é um parque com atrações direcionadas por faixa etária que promove educação ambiental de forma lúdica, através de brincadeiras.

Sitiolândia

Sitiolândia

Nascente

Sitiolândia

Aquário Natural

Sitiolândia

Sitiolândia

Sitiolândia

Sitiolândia

Sitiolândia

Trilha da Iguana

Sitiolândia

Trilha da Iguana

Sitiolândia

Labirinto do Tigre

Sitiolândia

Sitiolândia

Casa Pau a Pique

Sitiolândia

Floresta Real

Sitiolândia

Floresta Real

Sitiolândia

Sitiolândia

Professor Minhoco

A atração que a Maria Eduarda mais gostou foi a tirolesa.

Sitiolândia

Sitiolândia

A atração que eu mais gostei foi o encontro com o índio Awa da tribo Tupi. Com ele aprendemos um pouco mais sobre a cultura indígena, seus hábitos e costumes. A atração inclui apresentação de cantos, danças circulares, brincadeiras e artesanatos típicos da tribo, além de propiciar a reflexão dos problemas ambientais.

Sitiolândia

E, a minha dica para quem vai visitar a Sitiolândia é preparar-se para subir e descer a área de 74 mil m², pois, como aparece na foto, o parque é um aclive.

Sitiolândia

Bebê no carrinho? É possível sim, andamos com a Maria Júlia no carrinho por todo o parque. Contudo, foi preciso força para subir o terreno com o carrinho e necessitamos, muitas vezes, de ajuda para levantar o carrinho por onde não há acesso.

Sitiolândia

Sitiolândia – Parque Ecológico

Parque: Estrada Santa Inês, 7684 (Km 9) – Serra da Cantareira – Caieiras / SP

(vindo pela zona norte de SP é continuação da Avenida Santa Inês, após o Horto Florestal)

www.sitiolandia.com.br | facebook.com/parquesitiolandia

Atenção para as próximas datas de abertura ao público: dias 12, 26 e 27 de novembro.

Publipost

Um abraço,

BabyTub

17 de Outubro de 2016

Vocês já repararam como muitas vezes agimos com os nossos filhos como nossos pais agiam conosco e, muitas vezes, repetimos com o segundo filho atitudes que tínhamos com o primeiro? E isso também vale para quem tem mais de dois filhos.

Pois é, ao montar o enxoval da Maria Júlia (post aqui e aqui), ganhei e adquiri produtos que a Maria Eduarda não teve. Alguns deles não eram muito conhecidos e outros nem mesmo existiam há 6 anos.

No post de hoje, trago uma nova resenha e uma dica superespecial para você! Vamos lá?

Desde o seu nascimento, usei o mesmo modelo de banheira que usava com a Maria Eduarda (post completo, aqui) para dar banho na Maria Júlia. E, foi quando minhas primas vieram conhecê-la que as convidei para conhecer seu quartinho (mais sobre o quartinho da minha caçula, aqui) que uma delas me perguntou o que era o recipiente laranja que estava no chão. Naquele momento, me lembrei de testar o BabyTub. Na época, a Maria Júlia não havia completado 1 mês de vida.

BabyTub

BabyTub

BabyTub

O BabyTub é uma banheira terapêutica (traz uma sensação de segurança parecida com a que ele sentia enquanto estava no útero materno) especialmente elaborada para bebês com material atóxico e reciclável. Não existem arestas cortantes, a sua base é anti-derrapante e na parte inferior há um centro de gravidade que permite grande estabilidade e segurança.

BabyTub

BabyTub

O modelo da banheirinha da Maria Júlia é o BabyTub Evolution, que vai de 0 até 8 meses. Por isso, tenho usado o BabyTub diariamente até hoje. Ela adora o banho relaxante e sempre dorme tranquilamente durante toda a noite depois dele. E eu adoro o BabyTub principalmente pelo fato da água manter-se quente por mais tempo e por ser fácil de transportar, mesmo quando está cheio, o que me permite dar banho na Maria Júlia em seu quartinho.

Agora você quer saber a dica superespecial que guardei para você, não é mesmo? É o site de códigos promocionais Bebê Store para você adquirir não só banheiras infantis, mas o que mais você precisar. Acesse agora mesmo e obtenha seu cupom de desconto Bebê Store.

Gostaram das dicas?

Publipost

Um abraço,